BRASIL

Fortaleza tem segundo dia de ataques a ônibus e delegacias.

Abril 20 / 2017

Fortaleza registrou quatro incêndios a ônibus até o fim da manhã desta quinta-feira (20), totalizando 21 ataques a coletivos desde esta quarta. Um banco e delegacias receberam rajadas de tiros na cidade de Maracanaú e Fortaleza entre a noite de quarta e esta madrugada. Transferências de presos e mudanças nos presídios foram apontadas em uma carta deixada no local de um dos incêndios como sendo motivação para os ataques. Oito pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nas ações criminosas.

Por volta das 8h30, um coletivo da linha Vila Velha-RioMar Kennedy foi o primeiro a ser incendiado neste segundo dia de ataques. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindionibus) informou ainda que um veículo foi queimado no Bairro Mucuripe e um terceiro da Linha Antônio Bezerra/Bairro Padre Andrade. No Bairro Jardim Fluminense, o incêndio a ônibus foi em frente a uma escola municipal que terá de suspender aulas, segundo um funcionário. Os ataques a ônibus desta quarta, ocorreram a partir do meio-dia em bairros como Barroso - o primeiro deles -, Edson Queiroz e Barra do Ceará, além de cidades como Horizonte. Nestes três casos, criminosos jogaram gasolina e atearam fogo. Um motorista ficou ferido mas não corre risco de vida.

Ainda segundo o Sindiônibus, apesar dos ataques desta quinta, não há previsão de retirar os ônibus de circulação novamente.

Por causa dos ataques, alguns simultâneos, os ônibus deixaram de circular durante a tarde desta quarta-feira; faculdades suspenderam aulas; muita gente ficou sem opção para voltar para casa, e o transporte alternativo cobra valores superfaturados.



g1

Categorias : BRASIL