92 ESPORTES

Inter diz que Cuesta nega ter chamado Elton de “macaco”

Julho 12 / 2017

Após a vitória do Inter por 2 a 0 sobre o Ceará, nesta terça-feira, um momento gerou polêmica durante entrevista ainda no gramado do Castelão: o atacante Elton acusou o zagueiro Víctor Cuesta de tê-lo chamado de “macaco” durante a partida. Por sua vez, o clube gaúcho saiu em defesa do zagueiro colorado. De acordo com a direção, o argentino negou tais palavras, embora tenha admitido a discussão.

Pelo lado do Inter, o vice de futebol Roberto Melo foi o primeiro a se manifestar sobre o assunto. O dirigente disse que teve conversa com o atleta no vestiário e que acredita nas palavras do zagueiro.

– Conversamos com ele. Ele colocou que não falou nada. Disse que foi xingado em campo, mas que não usou esses termos. Tem carreira longa e nunca teve questão envolvendo esse tipo de coisa. Outro atleta está dizendo que ouviu ele chamá-lo de algum termo. Tem que condenar, mas o que o jogador nos passou é que não usou. Eles discutiram, mas esse termo, disse que não usou – afirmou Roberto Melo.

Durante entrevista coletiva, o técnico Guto Ferreira também apoiou Víctor Cuesta. E elogiou a conduta do argentino.

– Estou há 40 dias no Inter e o Cuesta é um jogador com postura exemplar, tanto em questão de treinamento, assim como de conduta. Eu prefiro acreditar no Cuesta. É uma coisa grave sim, mas acho que não houve nada – comentou o zagueiro.

Ao término da partida, o atacante do Ceará afirmou ter sido chamado de macaco pelo zagueiro do Inter. Disparou contra o defensor colorado e deixou em aberta a possibilidade de levar o caso adiante.

- É lamentável estar falando desse episódio. A gente sabe que nos tempos de hoje é absurdo que pessoas possam cometer esse tipo de atitude. Alguns jogadores ouviram. Me contive ali, eu perdi a cabeça. São seres humanos. É inadmissível uma atitude dessas. Tomara que as câmeras tenham pego esse momento. Eu fico muito triste. O Inter é time grande. Não merece ter um jogador como esse tendo esse tipo de atitude – disparou.

Cuesta não se manifestou em relação ao episódio. De acordo com a assessoria do Inter, Roberto Melo foi o encarregado de discorrer sobre o tema em nome do clube.

O lance ocorreu aos 36 minutos do segundo tempo. Elton e Cuesta se envolvem em confusão e recebem amarelo do juiz Leandro Bizzio Marinho. Indignado, o atacante chama atenção do árbitro e apela até para o goleiro Danilo Fernandes.


G1

Categorias : 92 ESPORTES