92 ESPORTES

Paolo Gurreiro tentar provar sua inocência contra o dopping

Novembro 07 / 2017

Abatido, chateado, mas determinado a provar sua inocência contra o dopping no qual foi pego, o atacante do Flamengo, Paolo Guerrero, voltou na segunda-feira do Peru, onde foi preparar sua defesa. 

Apesar de ter pedido ao laboratório alemão a contraprova, os advogados e o próprio jogador sabem que um falso positivo é improvável. Por isso, a defesa trabalha com a possibilidade de que algum dos chás antigripais e digestivos que ele tomou na concentração da seleção peruana possa estar contaminado com o benzoylecgonina, metabólito da cocaína e do chá de coca.

A defesa não esclareceu se Guerrero viu o saché sendo colocado na água ou apenas recebeu uma xícara com a infusão já pronta. A lei internacional de doping diz que o atleta é responsável por tudo que entra em seu corpo, mas a pena pode ser mais branda caso ele tenha recebido a infusão já pronta, pelas mãos do médico da seleção.

Ainda esta semana, a Fifa vai dizer quando o laboratório de Colônia, na Alemanha, fará a contraprova. A defesa espera que o caso esteja resolvido até o dia 26 de novembro. 
por @beatrizmarks

 

Categorias : 92 ESPORTES