POLÍTICA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou que tenha usado palavras ofensivas ao se referir a imigrantes de países em

Janeiro 12 / 2018

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, negou hoje que tenha usado palavras ofensivas ao se referir a imigrantes de países como Haiti, El Salvador e da África em uma reunião com parlamentares na Casa Branca.

 

A imprensa americana havia divulgado que, segundo relatos de pessoas presentes no encontro, ele teria questionado "por que todas essas pessoas de países de m... vem parar aqui?". "Por que precisamos de mais haitianos?", teria acrescentado.


Na declaração, Trump teria usado a expressão em inglês "shithole" ou, literalmente, "buraco de m". Mesmo a tradução do termo e decisão de usá-la ou não, por conter um palavrão, gerou debates entre jornalistas de diferentes países, segundo uma reportagem do "Washington Post". Outra tradução possível é mais leve, embora ainda ofensiva: um lugar sujo ou extremamente desagradável.

 

Nesta sexta-feira, o presidente se manifestou sobre o tema, como já é habitual por sua parte, no Twitter. Ele não confirmou o teor exato das declarações - afirmou apenas que "a linguagem usada no encontro foi dura, mas não foi essa".

 

Não fez esforços, porém, para amenizar o tom e partiu para cima dos democratas - embora tenha feito um aceno aos haitianos.

Categorias : POLÍTICA